António Raminhos

António Raminhos

3 Praias, 3 concertos e milhares de fãs.

3 Praias, 3 concertos e milhares de fãs.

Chama-se David Carreira e unio o melhor que existe! Praia, música e um fim de tarde, num concerto inesquecível para todas as fãs, que esperaram horas para o ver.

Mas já lá vamos!

Porque tudo começa muito antes. Eram 16:00H em ponto quando o David subiu para cima do autocarro e pediu a primeira nota. Primeira Dama, Haverá Sempre uma Música, entre outras, foram ensaiadas para que tudo estivesse pronto para o início da Bus Tour. E assim foi, 16:45, hora da partida para uma viagem que ia ser inesquecível para o David e para todos os que, o acompanhavam nesta aventura. As fãs? Essas estavam a mil para poder estar com o seu ídolo. E foi o que aconteceu às 15 fãs sortudas que tiveram a oportunidade de viajar no bus, assistir ao concerto na primeira fila e privar com o David Carreira. Emoções ao rubro, podem ter a certeza. Surpresas, essas foram muitas em todas as paragens. Fãs que corriam atrás do bus, pessoas às janelas a aplaudir, fãs que paravam os carros para dançar ao som da música do David e muito mais aconteceu no percurso até à praia.

Mas antes de iniciar a viagem o David Carreira deu uma entrevista ao vitor360:

 

 

Melhor que falar sobre o concerto, é assistir ao resumo.

 

 

As fãs, essas meninas e também meninos estavam ao rubro com a chegada do David à praia, e não quiseram ficar de fora desta grande festa. Partilharam com o Vitor360 tudo o que estavam a sentir na quele momento.

 

 

Foi sem duvida um dia único para todos, fãs do David Carreira, certamente existia pessoas que nunca o tinham visto ao vivo e esta foi a oportunidade perfeita para realizar os seus sonhos. Lá está o lado bom da vida pode ser soft e descomplicado.

Agora! Rumo até ao Algarve para dia 9 estar em Albufeira.

 

😀

 

Música de Norte a Sul.

Música de Norte a Sul.

Verão é sinônimo de praia, férias, festas, Amigos e festivais. E é mesmo por essas andanças que vamos passar hoje.

De Norte a Sul a música não pará e temos muito por onde escolher, ora não fosse Portugal ter os melhores festivais de Verão (cá para nós). Temos de tudo, para todos os gostos e gêneros, sem grandes complicações, festivas no campo, na cidade e junto a praia… Existe de tudo. Mas hoje vamos falar de dois, Super Bock Super Rock e Meo Mares Vives. Um em Lisboa e outro em Vina Nova de Gaia, tudo para fazer as delicias dos mais apaixonados por música.

Nós passamos pelo Super Bock Super Rock e temos te a dizer que se Lisboa está na moda então que venha para ficar, porque um festival no meio do Parque Das Nações é qualquer coisa que já fazia falta, foram 3 dias de música, de muita música nos 4 palcos que fizeram deste SBSR um regresso às origens. Mas desta vez renovado, melhorado e cheio de novidades, ora não fosse o palco principal estar dentro do Meo Area, o palco EDP que estava protegido do calor pela Pala de Siza Viera, o Palco Carlsberg dentro da Sala Tejo e por último, mas não menos importante o palco Antena3.

Foram mais de 48 concertos que deram música às mais de 50 mil pessoas que em 3 dias fizeram mexer o SBSR e toda a zona do Parque Das Nações. Pode-se dizer que foi o melhor cartaz do SBSR? Ouvimos de tudo mas sem duvida o que mais ouvimos foi que as condições eram fantásticas e isso faz-nos apaixonar cada vez mais por música. Nomes como Florence + The MachineFFSBenjamin ClementineSavagesdEUSBlur entre outros fizeram deste festival um mar de recordações na memória de cada um. Tanto que para ano a dose repete. O SBSR vai voltar dias 14, 15 e 16 de Julho ao Parque das Nações.

Para ano estamos lá e vamos contar-te tudo.

Agora rumamos a Norte para dar-te mais música, no Meo Mares Vivas que decorreu nos dias 16, 17 e 18 de Julho com casa cheia, não fossem as 90 mil pessoas terem esgotado por completo os 3 dias de Festival.

Nomes como John Legend, The Script, Ana Moura, Jamie Cullum entre outros fizeram desta edição a melhor de sempre do Meo Mares Vivas.

Foi a 13ª edição MMV e temos te a dizer que foi única, não fosse as milhares de vozes terem feito de coro aos artistas que passaram pelo palco Meo Mares Vivas com uma conjugação perfeita entre o artistas e o público. O festival já é considerado um pilar de comunicação e promoção da cidade de Gaia por isso mesmo a 14ª edição já está a caminho e com grandes surpresas, não fosse existir já na calha um grande nome da música internacional “quase” confirmado para o próxima edição que se vai realizar nos dias 14, 15 e 16 de Julho de 2016.

A música… é inspiração!

 

Nos Alive dia 3

Nos Alive dia 3

Último dia do Nos Alive 2015!

Num dia em que o concerto de Sam Smith era o mais aguardado, não fosse a legião de fãs que arrastou até ao recinto. O cantor passou por todos os temas do seu álbum, espalhou charme e deixou muita menina de coração partido.

Mas o Alive não se faz só de um concerto, mas sim de um cartaz que dá para todos os gostos e gêneros musicais. O dia prometia ser animado não fosse o Line Up luxo que esperava os festivaleiros. Nomes como Jesus & Mary Chain, os portugueses Dead Combo e a festa dançante dos Disclosure, Chet Faker e Azealia Banks fizeram parte do último dia do Alive.  Casa cheia ontem, 52 mil pessoas estiveram no Passeio Marítimo de Algés.

Foram 3 dias de muita música, muito calor, muita diversão e animação, passaram pelo recinto 155 mil pessoas, de 26 nacionalidades, tudo para fazer do Alive 2015 o melhor festival de música.

Mas as novidade não ficam por ai, a RTP foi a televisão oficial do Alive, este ano deu cartas na sua emissão, tivemos concertos ao vivo, multi palcos, entrevistas, dornes e live tiwttes tudo para transportar a vibração do festival, para casa de todos os que não poderão estar presentes.

Para o ano está de volta e as datas já são confirmadas 7, 8 e 9 de Julho no passeio Marítimo de Algés.

Nós vamos lá estar para vós contar tudo o que se vai passar, para já fica com as imagens do ultimo dia do Nos Alive.

Até pro ano.

 

 

Nos Alive dia 2

Nos Alive dia 2

Ontem o Passeio Marítimo de Algés recebeu o segundo dia do Nos Alive, numa noite com casa cheia, 47.500 mil pessoas passaram pelo recinto, onde The Prodigy deram um concerto de deixar muitos com os cabelos em pé, não fosse a energia que aplicaram em palco.

No segundo dia de Alive passaram pelos 6 palcos várias bandas que deram o ar da sua graça, numa noite em que a música Portuguesa comandava. Nomes como Capicua, Batida, The Ting Tings, Future Islands, James Blake, Herman José e Blasted Mechanism deixaram as 47 mil pessoas com vontade de mais.

Mas um festival não se faz só de música, muita coisa acontece no recinto do Nos Alive e muitas são as marcas que estão presentes.
-No stand da #RTP podes ser estrela por 30seg e só tens de ter imaginação, depois divertes-te a ver as tuas lindas figuras.

-A Wells deu asas a quem quer pedalar, só tinhas de te sentar numa bicicleta e chegar ao topo para ganhares uma t-shirts, para além disso a marca está presente no recinto com protectores solares, fotos e maquilhagem.

– Dar cartas para os CTT não é difícil e dar prêmios aos festivaleiros também não, este ano o stand dos CTT deixa-te enviar uma foto para qualquer parte do mundo.

– A Control continua a ser a marca que mais intimidade aplica nos seus jogos, e tens de tudo. Ao participar podes ganhar preservativos, lubrificantes, garrafas de água e t-shirts.

E muito mais avia a dizer, num festival que é referência nacional e internacional.

Hoje tens o dia 3 do Nos Alive com um cartaz de luxo não fosse: Sam Smith, Chet Faker, Disclosure, Azealia Banks, The Jesus and Mary Chain, Dead Combo e Chromeo, a darem música neste ultimo dia.

Queres mais? Então fica a saber que para o ano o Nos Alive já está confirmado e as datas são 7, 8 e 9 de Julho no mesmo sítio.

 

 

Imagens de: Arlindo Camacho, Hugo Macedo e RTP

Nos Alive dia 1

Nos Alive dia 1

Começou aquele que é considerado um dos melhores festivais de música do mundo, estou a falar do Nos Alive. O grande inicio não podia ter corrido melhor, 55 mil pessoas passaram pelo Passeio Marítimo de Algés ontem, numa noite que se fez sentir fira, mas ao mesmo tempo quente, com o aglomerar de tanta gente, de tantas nacionalidades num total de 56 – Espanha, Reino Unido, França e até “gente” da Austrália vieram até Lisboa para assistir ao Nos Alive.

Já se esperava uma enchente de pessoas, de fãs, de apaixonados por música, num dia em que os chapéus brancos reinavam no festival  e a música era suberana nos 6 palcos plantados à beira tejo. Vários nomes passaram pelo Alive, mas sem duvida os reis da noite foram Muse, num concerto que deixou todos os fãs portugueses e não só, a pedirem mais e a pedirem um regresso a Portugal para breve, luz, som, confetis, bolas gigantes e drones fizeram as delicias das 55 mil pessoas!

O dia começava com “gente” a correr para as primeiras filas, com vontade de ficarem coladas às grades sem se movimentarem para não perder “pitada” dos concertos que o palco Nos tinha preparado para o primeiro dia. Para além da animação nos vários palcos, não faltou um recinto repleto de marcas que davam o “litro” para chamar atenção de quem passeava pelo festival. Este ano e como tem sido habito o Nos Alive está repleto de estruturas que nos fazem sentir em casa e não crer ir embora.

Hoje parece que o dia vai ser igual ao de ontem, casa cheia, um cartaz de luxo para o dia 2 do Nos Alive, nomes como: THE PRODIGYMUMFORD & SONSMARMOZETS ,BLASTED MECHANISMSHEPPARD passam pelo palco Nos, mas não é só, o Palco Heineken, Palco Nos Clubbing entre outros estão apetrechados de boa música, num dia em que a música Portuguesa manda no Alive.

Hoje se fores leva roupa quente porque parece que o frio de ontem à noite veio para ficar.  O vitor360 vai acompanhar tudo o que se passa no dia 2 do Nos Alive.

 

Fotos de: Hugo Macedo, Arlindo Camacho Rui Soares, Nos Alive