Música de Norte a Sul.

Verão é sinônimo de praia, férias, festas, Amigos e festivais. E é mesmo por essas andanças que vamos passar hoje.

De Norte a Sul a música não pará e temos muito por onde escolher, ora não fosse Portugal ter os melhores festivais de Verão (cá para nós). Temos de tudo, para todos os gostos e gêneros, sem grandes complicações, festivas no campo, na cidade e junto a praia… Existe de tudo. Mas hoje vamos falar de dois, Super Bock Super Rock e Meo Mares Vives. Um em Lisboa e outro em Vina Nova de Gaia, tudo para fazer as delicias dos mais apaixonados por música.

Nós passamos pelo Super Bock Super Rock e temos te a dizer que se Lisboa está na moda então que venha para ficar, porque um festival no meio do Parque Das Nações é qualquer coisa que já fazia falta, foram 3 dias de música, de muita música nos 4 palcos que fizeram deste SBSR um regresso às origens. Mas desta vez renovado, melhorado e cheio de novidades, ora não fosse o palco principal estar dentro do Meo Area, o palco EDP que estava protegido do calor pela Pala de Siza Viera, o Palco Carlsberg dentro da Sala Tejo e por último, mas não menos importante o palco Antena3.

Foram mais de 48 concertos que deram música às mais de 50 mil pessoas que em 3 dias fizeram mexer o SBSR e toda a zona do Parque Das Nações. Pode-se dizer que foi o melhor cartaz do SBSR? Ouvimos de tudo mas sem duvida o que mais ouvimos foi que as condições eram fantásticas e isso faz-nos apaixonar cada vez mais por música. Nomes como Florence + The MachineFFSBenjamin ClementineSavagesdEUSBlur entre outros fizeram deste festival um mar de recordações na memória de cada um. Tanto que para ano a dose repete. O SBSR vai voltar dias 14, 15 e 16 de Julho ao Parque das Nações.

Para ano estamos lá e vamos contar-te tudo.

Agora rumamos a Norte para dar-te mais música, no Meo Mares Vivas que decorreu nos dias 16, 17 e 18 de Julho com casa cheia, não fossem as 90 mil pessoas terem esgotado por completo os 3 dias de Festival.

Nomes como John Legend, The Script, Ana Moura, Jamie Cullum entre outros fizeram desta edição a melhor de sempre do Meo Mares Vivas.

Foi a 13ª edição MMV e temos te a dizer que foi única, não fosse as milhares de vozes terem feito de coro aos artistas que passaram pelo palco Meo Mares Vivas com uma conjugação perfeita entre o artistas e o público. O festival já é considerado um pilar de comunicação e promoção da cidade de Gaia por isso mesmo a 14ª edição já está a caminho e com grandes surpresas, não fosse existir já na calha um grande nome da música internacional “quase” confirmado para o próxima edição que se vai realizar nos dias 14, 15 e 16 de Julho de 2016.

A música… é inspiração!

 

Música de Norte a Sul.

Inatel 80 anos!

Música de Norte a Sul.

Há um novo petisco em Lisboa

Newer post

Submeter Comentário